Do momento

sábado, 4 de dezembro de 2010

"Já não somos os mesmos"



Dois ...
Apenas dois.
Dois seres...
Dois objetos patéticos
Cursos paralelos
Frente a frente...
...Sempre...
...A se olharem...
Pensar, talvez.
Paralelos que se encontram no infinito
No entanto sós por enquanto
Eternamente dois apenas.

Pablo Neruda

Por aí...
Desenhando palavras aladas, com passos que transbordam.
O antes e o depois.

Um comentário:

  1. lindo como sempre..em?....parabens... linda... beijos saudades

    ResponderExcluir